Queimar calorias depois do Natal

Tradição à base de doces e ceias fartas decisivas para o aumento de peso.
Por Mário Figueiredo|27.12.17
  • partilhe
  • 1
  • +
Queimar calorias depois do Natal
Corrida Foto iStockPhoto
A tradição em Portugal ainda é o que era. O Natal é sinónimo de doces, grandes jantaradas em família e... aumento de peso. É impossível resistir aos sonhos, às filhoses, às rabanadas ou ao tronco de Natal, mas é possível atenuar esses efeitos.

A juntar à rica gastronomia portuguesa dedicada ao Natal, está também o stress provocado pela correria para a compra dos presentes. E o Natal é o início, pois logo a seguir vem a passagem de ano. Então como combater o excesso de peso? No final da época festiva, feitas as contas mais de dois quilos estão garantidos. A solução passa por criar um mecanismo de compensação. Abusa nos doces, corta no álcool e nos refrigerantes. A água não engorda. Há mesmo quem opte por uma dieta de água. E resulta. Até ajuda a encher o estômago nas refeições.

Evite passar pelo frigorífico ou despensa, normalmente cheios de tentações. É certo que os dias passam mais rápido, tal a pressa para comprar os presentes. São mais curtos e frios. Uma boa solução passa pela ida ao ginásio. Não chove, a temperatura é agradável e pode fazer uma variedade de modalidades sem ficar saturado. Tem pouco tempo? Tem de optar por exercícios de alta intensidade com treino intervalado. A sessão dura menos tempo, mas queima muito mais gorduras. O exercício é intenso e o descanso é ativo.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!