Acerca de C-Studio

C-Studio é a marca que representa a área de Conteúdos Patrocinados do Universo Cofina. É o local onde as marcas podem contar as suas histórias e experiências.

Linhas Vermelhas

Patrocinado por

Vibrolandia

Podemos sobreviver sem sexo? Perigos e consequências

Falta de apetite, insónias, ou enxaquecas são efeitos secundários de abstinência. Seja saudável, faça amor.
06.06.18
  • partilhe
  • +
Podemos sobreviver sem sexo? Perigos e consequências

O homem é um ser sexual – nós estamos aqui para o provar. Por isso, uma vida sexual ativa é condição sine qua non para uma vida saudável. A não ser que sejamos celibatários ou assexuados, a generalidade dos seres humanos mantém parceiros e parceiras ao longo da sua vida, fruto de uma necessidade evolutiva. Uma pulsão (quase) incontrolável a que nós, enquanto meros primatas, estamos sujeitos.

Não há dúvidas de que a privação da atividade sexual acarreta efeitos secundários potencialmente perigosos para a saúde mental. Entre eles estão o nervosismo, a ansiedade e o stress.

Mas nem todos os efeitos se manifestam de forma física. A falta de sexo pode mesmo tornar-nos menos inteligentes. Pelo menos foi o que descobriram investigadores da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos da América, que conduziram um estudo com ratos, que, quanto mais sexo tinham, mais "inteligentes" se tornavam.

Outro dos grandes perigos da abstinência sexual é a perda de confiança. O raciocínio é simples de compreender: quanto menos sexo temos, menor a nossa capacidade de acreditar que podemos tê-lo. Aliado a isso, longos períodos de privação podem conduzir a sintomas que podem ser erradamente atribuídos a outras causas, como perdas de apetite, insónias ou irritabilidade geral. Pela sua saúde, get laid.