Marido violento suspeito de empurrar para a morte advogada de 29 anos

Tatiane Spitzer tinha 29 anos. Câmaras de vigilância captaram momento das agressões.
10.08.18
Uma mulher de 29 anos foi filmada por câmaras de vigilância a ser violentamente agredida pelo marido no Brasil. Tatiana Spitzer, advogada, foi encontrada morta na madrugada do dia 22 de julho, em Guarapuava, cidade do Paraná, depois de cair do quarto andar do prédio onde vivia com o marido Luís Felipe Mainvailer. 

Alegadamente, o marido, um biólogo e professor universitário, terá atirado a vítima da varanda da casa onde viviam. As imagens captadas pelas câmaras de vigilância foram agora tornadas públicas. No vídeo vê-se o homem a agredir a mulher dentro do carro e ao longo do caminho da viatura até ao elevador do prédio. Posteriormente vê-se o biólogo a limpar as manchas de sangue do elevador. 

Depois do crime, o agressor sofreu um acidente de automóvel a 340 quilómetros do local do crime, próximo da fronteira com o Paraguai, e foi aí que acabou detido.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!