Absolvido agente da PSP acusado de atingir quatro jovens em perseguição em Oeiras

À data dos factos o arguido tinha com 26 anos e atualmente está a prestar serviço na Direção Nacional da PSP.
Por Lusa|17.04.18
O Tribunal de Sintra absolveu esta terça-feira um agente da PSP que estava acusado de atingir quatro jovens, dois deles menores, durante uma perseguição em 2013 em Queluz de Baixo, no concelho de Oeiras.

O arguido, à data dos factos com 26 anos e atualmente a prestar serviço na Direção Nacional da PSP, vinha acusado do crime de ofensa física qualificada.

Na leitura da sentença, que decorreu esta tarde no Tribunal de Sintra, o juiz considerou que o agente "agiu de forma precipitada e que não tomou as devidas diligências", ressalvando, contudo, que o fez por "sentimento de pânico" e por ter interpretado "de forma errada uma eminente ameaça" por parte do grupo de jovens.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!