CMVM não encontrou vendas irregulares generalizadas no Banif

Anúncio foi realizado esta quarta-feira no parlamento.
Por Lusa|27.06.18
  • partilhe
  • 0
  • +
A presidente da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) disse esta quarta-feira, no parlamento, que houve vendas agressivas no Banif, mas que não foi encontrada evidência de venda irregular generalizada de produtos financeiros pelo banco.

"As conclusões possíveis, dada a distância temporal e a impossibilidade de localização de dados e documentos potencialmente relevantes, confirmam a existência de casos de vendas agressivas, em particular em algumas emissões de dívida, mas não permitem a identificação de evidências de prática generalizada de comercialização irregular de produtos financeiros", disse Gabriela Dias na comissão de Orçamento e Finanças.

Apesar de ter admitido que nesta análise a CMVM se deparou com alguns problemas, nomeadamente de não identificação de documentos, a responsável pelo regulador dos mercados financeiros disse que a averiguação do que se passou no Banif com a venda de produtos financeiros envolveu um "esforço significativo", em que contou com a ajuda do Banco de Portugal, com a "recolha e análise de milhões de registos de clientes, 400 gigabytes de informação e dezenas de entrevistas a ex-colaboradores e clientes".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!