Ministra do Mar admite redução na quota da sardinha mas afasta proibição da captura

Números vão ser inferiores às 14600 toneladas fixadas para este ano.
25.07.18
  • partilhe
  • 0
  • +
A ministra do Mar assumiu esta quarta-feira que em 2019 "vai ter de haver uma redução nos limites de captura de sardinha", mas garantiu que a "suspensão total está completamente fora de hipótese".
Ministra do Mar admite redução na quota da sardinha mas afasta proibição da captura

"O stock [de sardinha] continua a evoluir no bom sentido, e não existe razão para deixar de haver pesca. Quer Portugal quer Espanha se baterão contra essa hipótese e julgo que a razão está do nosso lado. Agora, eventualmente, teremos de reduzir a captura", disse Ana Paula Vitorino.

A governante, que esta quarta-feira esteve em Angeiras, no concelho de Matosinhos, a fazer o lançamento da primeira pedra da construção do novo quebra mar do porto de mar local, referiu que os estudos científicos dão conta "de um aumento da biomassa de sardinha, mas também revelaram uma diminuição dos juvenis", sendo, por isso, "necessário tomar medidas".

"Teremos de diminuir um pouco a quota de captura no próximo ano, mas, sobretudo, ter abordagens diferenciadas. Foram avistados juvenis em algumas zonas do País onde iremos implementar áreas marinhas protegidas provisórias, onde será proibida a captura, isto para poder proteger o desenvolvimento da espécie", afirmou Ana Paula Vitorino.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!