Guiné-Bissau tem cinco das sete espécies de tartarugas marinhas existentes no mundo

Por Lusa|08.08.18
  • partilhe
  • 0
  • +

Cinco das sete espécies de tartarugas marinhas existentes no mundo desovam anualmente na ilha de Poilão, no sul da Guiné-Bissau, disse à Lusa a coordenadora do departamento da biodiversidade do Instituto da Biodiversidade e Áreas Protegidas (IBAP).

De acordo com Aissa Regalla, a pequena ilha de Poilão é o "terceiro sítio mais importante no mundo e o primeiro em África" para desova das tartarugas verdes, uma das mais emblemáticas subespécies daqueles animais, depois da Costa Rica e ilha de Ascensão, um pequeno território britânico a sul do Atlântico.

Entre os meses de agosto e novembro, a ilha de Poilão será centro de investigações científicas sobre a vida e dinâmicas de mais de 21 mil tartarugas marinhas que aí desovam, chegando de todos os cantos do mundo, adiantou a investigadora.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!