Advogado acusa Trump de pagar a ex-amantes

Antigo advogado do presidente confessou em tribunal ter recebido ordens para comprar o silêncio de Daniels e Karen McDougal.
Por Francisco J. Gonçalves|23.08.18
  • partilhe
  • 0
  • +
O presidente dos EUA, Donald Trump, teve esta quarta-feira o pior dia de sempre desde que foi eleito, com dois dos seus ex-colaboradores em tribunal. Um deles foi Michael Cohen.

O antigo advogado de Trump confessou oito crimes graves, entre eles financiamento ilegal de campanha eleitoral. Em causa está uma ordem que terá recebido de Trump para comprar o silêncio de duas ex-amantes do magnata antes das eleições de 2016.

Cohen fez um acordo que lhe garante redução da pena, de 65 anos para cerca de cinco, em troca de uma confissão que pode vir a revelar segredos ainda mais comprometedores para o presidente. Em causa está o alegado conluio com a Rússia para influenciar as eleições que levaram Trump ao poder.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!