Advogados pagam mais de um milhão

Termina hoje o prazo para a regularização voluntária de dívidas.
Por Ana Luísa Nascimento|30.06.17
Termina hoje o prazo para os advogados com quotas em atraso regularizarem de forma voluntária as dívidas. A partir de amanhã avança a cobrança coerciva, depois de o valor em dívida ter atingido os 5,8 milhões de euros, abrangendo 8571 advogados, tal como o CM já noticiou.

Face ao valor, o mais alto dos últimos anos, o conselho geral decidiu facilitar o pagamento das quotas em atraso, podendo o mesmo ser feito em prestações, nos casos das dívidas superiores a 12 meses, mas só até hoje. Com esta iniciativa, a Ordem dos Advogados (OA) conseguiu encaixar cerca de um milhão de euros, segundo apurou o CM.

Depois de a instituição ter encerrado o ano de 2016 com um passivo de 901 mil euros - contas referentes ao mandato de Elina Fraga que estão a ser alvo de uma auditoria -, o atual bastonário, Guilherme Figueiredo, alertou para o facto de a existência de dívidas colocar em causa "o regular suporte das atividades da Ordem dos Advogados e dos serviços que por ela são assegurados aos seus associados".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!