Al Qaeda reivindica ataque contra quartel no Mali

Grupo Nusrat reivindicou a responsabilidade pelo ataque armado contra o quartel-general da força militar G5 do Sahel que matou seis pessoas.
Por Lusa|30.06.18
  • partilhe
  • 2
  • +

O grupo jihadista Nusrat reivindicou este sábado a responsabilidade pelo ataque armado contra o quartel-general da força militar G5 do Sahel no centro de Mali, que matou pelo menos seis pessoas.

As fortes explosões ocorreram no bairro administrativo de Sévaré, perto da cidade de Mopti, no centro do país.

Às explosões iniciais seguiu-se um tiroteio com armas automáticas, que forçou os residentes da área a permanecerem fechados em casa durante várias horas à espera do fim do conflito.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!