Anacom procura edifício para comprar em Lisboa para evitar rendas elevadas

Anúncio foi divulgado na imprensa e na internet "por uma questão de transparência".
Por Lusa|04.08.18
  • partilhe
  • 0
  • +

A Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) quer comprar um edifício com mais de 4.500 metros quadrados para a sua sede em Lisboa, pretendendo baixar os custos de arrendamento, que rondam os 1,2 milhões de euros por ano.

Até dia 17 deste mês, a Anacom está, por isso, a recolher propostas para o imóvel que pretende adquirir em Lisboa para colocar a sua sede, num edifício que deverá ter uma área útil superior a 4.500 metros quadrados, segundo o anúncio colocado esta semana por aquela entidade na sua página na internet.

Questionado pela agência Lusa, o regulador das telecomunicações explica que, com os dois contratos de arrendamento atuais referentes ao edifício onde está, na Avenida José Malhoa, freguesia lisboeta de Campolide, a Anacom "suporta um encargo anual de cerca de 1,2 milhões de euros", equivalente a perto de 100 mil mês por mês.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!