Angolanos limitados a mil euros mensais de apoio a familiares no estrangeiro

Medidas devem-se a restrições no acesso a divisas em Angola e crise económica.
22.06.18
Angolanos limitados a mil euros mensais de apoio a familiares no estrangeiro
"A grande questão é saber até que ponto o atual preço do petróleo vai manter-se ou não", disse Luísa Felino Foto Getty Images
As famílias angolanas com dependentes no exterior do país vão passar a estar limitadas, a partir de 01 de julho, ao envio de até 1.000 euros, em divisas, de ajuda familiar, determinou o Banco Nacional de Angola (BNA).

A decisão consta do instrutivo 6/2018, sobre "limites de operações cambiais de ajuda familiar", assinado pelo governador do BNA, José de Lima Massano, e com data de 19 de junho, enviada entretanto aos bancos comerciais angolanos.

O documento, ao qual a Lusa teve esta sexta-feira acesso, determina o limite de venda mensal de 1.000 euros, por parte dos bancos comerciais, "por beneficiário" e "especificamente para ajuda familiar".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!