Antigo presidente do Real Madrid acha que saída de CR7 é "erro imperdoável"

Ramón Calderón critica os merengues pelo erro cometido e culpa Florentino Pérez.
15.07.18
Ramón Calderón, antigo presidente do Real Madrid e responsável pela contratação de Ronaldo em 2009, criticou fortemente os merengues por terem deixado que o madeirense se mudasse para as Juventus. 

Numa entrevista ao jornal italiano Gazzetta Dello Sport, o antigo presidente culpa Florentino Pérez e afirma que este é um "erro imperdoável". 

"O Real Madrid vai pagar um preço alto. As pessoas falam de Kylian Mbappé ou Neymar, mas estão muito longe do nível do Cristiano. Foi uma compra histórica há nove anos e a cláusula de 1.000 milhões de euros demonstrou que não estava à venda", apontou Ramón. 

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!