Sub-categorias

Notícia

Antigos gestores do Autódromo do Estoril julgados por peculato conhecem acórdão

Domingos Piedade e Isabel Frazão são acusados de gastar dinheiro da empresa em benefício próprio.
Por Lusa|14.07.17
  • partilhe
  • 0
  • +
Domingos Piedade, antigo presidente do conselho de administração da Circuito Estoril, empresa estatal que explora o Autódromo do Estoril, e Isabel Brazão, ex-administradora, acusados de peculato, abuso de poder e falsificação, conhecem esta sexta-feira o acórdão em Cascais.

Em causa estão alegadas irregularidades na gestão da sociedade de capitais exclusivamente públicos, entre junho de 2007 e janeiro de 2013, como a utilização de cartões de crédito da empresa ao longo de vários anos para pagamento de despesas pessoais, além do recebimento adiantado de vencimentos que depois não foram autorizados pelas Finanças.

Nas alegações finais, o Ministério Público (MP) defendeu a condenação de ambos por peculato e abuso de poder e a absolvição de Isabel Frazão do crime de falsificação, enquanto a defesa pediu a absolvição dos arguidos, admitindo a existência de irregularidades, negligência e imprudência, mas não a intenção de obtenção de benefícios.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Cm ao Minuto

Armando Esteves Pereira

Saque para chapa gasta

Mais tarde ou mais cedo a política fácil da distribuição do dinheiro significa um aumento da brutal carga de impostos.

pub