Sub-categorias

Notícia

Árbitro nega que dinheiro era suborno

"Sinto-me traído. Fui tramado por ser amigo das pessoas. Já os meus colegas diziam que tenho o coração mole." Foi assim que Rui Nunes, árbitro há 12 anos e que foi quinta-feira detido pela GNR de Penafiel, alegadamente a receber um suborno de 700 euros, respondeu ontem às acusações de corrupção.
30.12.12
  • partilhe
  • 0
  • +
Árbitro nega que dinheiro era suborno
Rui Nunes: “Fui agredido e era para pagar danos que sofri” Foto DR

Ao CM, Rui Nunes, 43 anos, corrobora a versão do presidente do Paço de Sousa, mas nega que os 700 euros fossem suborno. "Fui agredido no jogo, mas não valia a pena andar a perder tempo em tribunal. Por amizade ao presidente do clube e ao atleta aceitei que me pagassem 700 euros pelos danos físicos e morais", refere.

O árbitro, funcionário de uma empresa de iluminação, foi detido num estacionamento e garante que nunca mais volta a apitar.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
2 Comentários
  • De João do Sporting30.12.12
    Este é dos poucos que foi apanhado. Cadé "Outros", mas não são 700 euros?
    Responder
     
     2
    !
  • De Belita30.12.12
    E sofreu danos físicos e morais no valor de 700€??? lolololol!!!
    Responder
     
     1
    !

Mais notícias