Sub-categorias

Notícia

As paisagens dramáticas de Maiorca

Na maior das Ilhas Baleares há uma cordilheira com vistas de tirar o fôlego e que fazem esquecer a praia.
Por Sérgio A. Vitorino|13.10.17
  • partilhe
  • 2
  • +
Maiorca é sinónimo de praias de areia branca, água do mar a 26 graus e diversão noturna. Mas há muito mais. E é muito mais bonito: a serra de Tramuntana, que ocupa todo o noroeste da ilha. Mais do que a imponência dos seus picos (o maior a 1445 metros), é a paisagem dramática das escarpas de pedra a cair para o Mediterrâneo que impressiona e faz o visitante dar por bem empregues as horas em curvas e contracurvas. Formentor é o cabo mais a norte.

A única estrada que lá chega hipnotiza pelos precipícios, vistas de tirar o fôlego e vislumbre da quase inacessível praia de Cala Figuera – uma das muitas na Tramuntana com melhor acesso por barco. A paisagem cultural da serra foi declarada Património da Humanidade pela UNESCO.

Vilas no meio da serra como se retiradas de um livro de contos
As vilas na serra são de paragem obrigatória. A beleza natural e paisagística torna a experiência muito agradável. Sa Calobra tem uma pequena praia de pedra e areia onde se chega por barco ou por estrada serpenteante. É acessível por um túnel escavado na rocha. Vale a pena a viagem por comboio histórico até Soller, num vale dominado pelo cheiro a citrinos. Deià é um encanto com vista para o mar (lá viveu e morreu o poeta Robert Graves). E Valldemossa, deitada num vale, cuja beleza encantou Chopin e o arquiduque Luís Salvador da Áustria. 

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

pub