Benfica gasta 21 milhões de euros em reforços

Castillo foi o mais caro num gasto de 7,9 milhões.
Por João Pedro Óca|30.06.18
O Benfica gastou cerca de 21 milhões de euros em reforços para a nova época, segundo revela o Prospeto sobre o novo empréstimo obrigacionista.

A aquisição mais cara foi o avançado Castillo (ex-Pumas), no qual as águias investiram 7,9 milhões de euros. Já o defesa Conti (ex-Cólon) custou 4,8 milhões. Com o avançado Ferreyra, que terminou contrato com o Shakthar, as águias pagaram 4,1 milhões, referentes ao prémio de assinatura e serviços de intermediação (restantes 4 milhões foram pagos nos restantes negócios).

No que respeita a vendas, os encarnados encaixaram perto de 20 milhões de euros. A venda de João Carvalho ao Nottingham Forest por 15 milhões - 12, 6 milhões foram para os cofres dos encarnados e os restantes 2,4 para o empresário Jorge Mendes. Já André Horta, que saiu para o Los Angeles FC, rendeu perto de 4,6 milhões.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!