Benfica multado em 6 mil euros por declarações no programa "Chama Imensa"

Diretor de comunicação das águias, Luís Bernardo, foi também suspenso e multado em mais de mil euros.
Por Lusa|21.03.18
A SAD do Benfica foi multada em 6.120 euros por declarações prestadas no programa Chama Imensa, transmitido em 20 de novembro último na Benfica TV, revelou, na terça-feira, o conselho de disciplina da Federação Portuguesa de Futebol.

Além desta multa aos 'encarnados', que na ocasião terão prometido apresentar provas de um novo 'caso Apito Dourado', também o diretor de comunicação do Benfica, Luís Bernardo, foi suspenso por 22 dias e multado em 1.377 euros por declarações publicadas em entrevista a órgão de comunicação social (jornal O Jogo, de 05 de janeiro de 2018).

O presidente do conselho de administração da SAD do Belenenses, Rui Pedro Soares, foi suspenso por 45 dias e multado em 2.870 euros por declarações sobre agentes de arbitragem, proferidas após o final do jogo com o Boavista, disputado em 09 de janeiro último e a contar para a 17.ª jornada da I Liga.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!