Bloco de Esquerda pede informação às autarquias sobre regularização de precários

Por Lusa|27.08.18
  • partilhe
  • 0
  • +

O Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda pediu a todas as câmaras municipais que digam quantos trabalhadores precários têm ao seu serviço, quantos deles foram incluídos no processo de regularização em curso e quantos foram excluídos e porquê.

De acordo com um requerimento hoje facultado à agência Lusa, o Bloco de Esquerda considerou insuficiente a informação que recebeu do Ministério da Administração Interna no dia 3 e por isso dirigiu um conjunto de perguntas diretamente a cada uma das autarquias, "tendo presente que a publicidade e a garantia do direito à informação são pressupostos essenciais para assegurar a transparência do Processo de Regularização de Precários na Administração Pública".

O Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda pretende saber o número de trabalhadores precários em exercício de funções em cada autarquia e o respetivo vínculo, quantos foram incluídos no Processo de regularização de precários na Administração Pública (PREVPAP), quantos já tiveram a sua situação regularizada no âmbito do mesmo processo e quantos foram excluídos do processo.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!