Bombeiros reforçados com 75 ambulâncias de socorro até ao final do ano

A partir de agora, veíiculos passam a ser compradas diretamente pelas corporações.
Por Lusa|27.08.18
  • partilhe
  • 0
  • +

Várias corporações de bombeiros vão, este ano, comprar 75 ambulâncias de socorro, para os Postos de Emergência Médica, através de um protocolo esta segunda-feira assinado com o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) no valor de 3,7 milhões de euros.

O plano para a renovação da frota de ambulâncias prevê que sejam substituídas 75 viaturas em cada ano entre 2018 e 2021. Atualmente o INEM tem 326 ambulâncias em funcionamento nos Postos de Emergência Médica (PEM).

A partir de agora, as ambulâncias passam a ser compradas diretamente pelas corporações de bombeiros com o INEM a pagar 50 mil euros para a aquisição, manutenção e seguro de cada viatura.

Apesar de enaltecerem esta nova metodologia de compra de viaturas, o presidente da Liga dos Bombeiros Profissionais (LBP), Jaime Marta Soares, e o presidente do INEM, Luis Meira, deixaram algumas críticas ao Governo, concretamente ao Ministério das Finanças.

"No cenário atual que é colocado aos gestores públicos, em que cada cêntimo é arrancado a ferros, e as decisões estão muitas vezes subjugadas a ficheiros Excel que não consegue distinguir uma fotocopiadora de uma ambulância, conseguir realizar um investimento deste montante é verdadeiramente assinalável. Também neste caso a autorização para este investimento foi arrancada a ferros", afirmou Luis Meira.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!