Bruno de Carvalho gasta milhares em ações contra o Sporting

Antigo dirigente leonino mantém batalha contra o clube de Alvalade.
Por Tânia Laranjo|29.08.18
Bruno de Carvalho continua a gastar milhares de euros nas ações interpostas contra o Sporting. Esta terça-feira, o clube foi notificado de mais uma: outra providência cautelar, agora para suspender a suspensão de funções que foi determinada pela Comissão Disciplinar.

Por cada ação judicial que é interposta, Bruno paga 304 euros só em taxas de Justiça. Tem ainda de pagar aos advogados e tem sido sucessivamente condenado, também em custas judiciais. A sua única vitória averbada foi na questão da apresentação da lista, em que a juíza decidiu uma formalidade. Bruno podia apresentar a candidatura, mas o Sporting podia depois rejeitá-la (o que efetivamente aconteceu).

O número de providências cautelares que já chegou ao Sporting não é fácil de se obter - já que muitas poderão ter sido liminarmente rejeitadas sem que os verdes-e-brancos tenham sido notificados - mas fontes contactadas pelo CM falam em pelo menos 17 ações judicias, desde 15 de maio. Para além de Bruno, também Carlos Vieira interpôs ações judiciais, o mesmo acontecendo com os restantes elementos da sua lista de direção que foram suspensos (como o advogado Alexandre Godinho).

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!