Câmara de Vizela repudia "veementemente" acusação de ilegalidades em obra

Por Lusa|03.11.15
  • partilhe
  • 0
  • +

A Câmara de Vizela repudiou hoje "veementemente" a acusação judicial que imputa ao presidente da autarquia, Dinis Costa, e ao vereador Vitor Hugo Salgado, dois crimes de violação de normas e execução orçamental.

"Cumpre desde já deixar bem claro que repudiamos veementemente a referida acusação, a qual será de imediato contestada para que se demonstre, na sede judicial própria, que não tem qualquer fundamento, de facto ou de direito", lê-se no comunicado assinado pelo presidente Dinis Costa.

"De acordo com o comunicado da edilidade, "não existiu, designadamente, qualquer ilicitude no âmbito da empreitada de construção do edifício sede".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!