Casal acusado de falsos peditórios condenado a 4 anos e meio de prisão

Caso aconteceu em Vila Nova de Famalicão e o casal angariou mais de 316 mil euros.
17.07.18
  • partilhe
  • 0
  • +
Um casal de Vila Nova de Famalicão que estava acusado de fazer falsos peditórios foi esta terça-feira condenado no tribunal de Guimarães a quatro anos e seis meses de prisão. 

Um reformado, ex-funcionário público, que fazia a cobrança dos valores a idosos que pensavam estar a ajudar e contribuir para instituições de crianças com cancro, também recebeu uma pena suspensa de três anos de prisão.

Esquema foi montado pelo casal que em tribunal assumiu a autoria do crime de burla qualificada. Receberam cerca de 316 mil euros segundo apurou o tribunal.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!