Cascais e Lisboa vão ter sistema de alerta de tsunami

Câmara de Setúbal contesta ter sido excluída do processo, mas poderá ser integrada mais à frente.
Por Lusa|24.05.18
  • partilhe
  • 1
  • +

A Área Metropolitana de Lisboa (AML) aprovou esta quinta-feira um protocolo de cooperação com Lisboa e Cascais para a criação de um sistema de alerta de tsunami no Tejo e comprometeu-se a alargar o sistema a outros municípios, nomeadamente Setúbal.

Setúbal votou esta quinta-feira contra a minuta do protocolo de cooperação e comodato a celebrar entre a AML e as Câmara Municipais de Cascais e Lisboa, no âmbito da implementação de um sistema de aviso e alerta de tsunami no estuário do Tejo, em protesto por ter sido excluído deste processo. Também Loures mostrou interesse em integrar o sistema de alerta.

"Voto contra porque não estou de todo de acordo com o processo. Eu acho que não faz nenhum sentido que o município que forneceu a informação, que tem a experiência, que tem capacidade, que prefigurou a candidatura com Lisboa e Cascais, tenha sido excluído, não sei porquê, ninguém explicou", afirmou na reunião do Conselho Metropolitano de Lisboa o vereador responsável pela Proteção Civil de Setúbal, Carlos Rabaçal.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!