Catarina Martins diz que PS está "convertido" a medidas negociadas à esquerda

Coordenadora do Bloco de Esquerda comentou o congresso do Partido Socialista.
Por Lusa|27.05.18
  • partilhe
  • 0
  • +

 A coordenadora do Bloco de Esquerda (BE) afirmou este domingo que o PS surgiu no congresso do partido, este fim de semana, "convertido" a medidas que inicialmente "não quis" e que só avançaram graças à "negociação à esquerda".

"O Partido Socialista parece hoje convertido, como sendo boas medidas, a medidas que não quis e que foi preciso fazer negociação à esquerda para elas serem possíveis, como a atualização das pensões ou a subida do salário mínimo", afirmou Catarina Martins em declarações aos jornalistas à margem de uma visita às festas do Senhor de Matosinhos.

Instada a comentar o discurso do eurodeputado socialista Francisco Assis no congresso do PS, em que afirmou que "António Costa anestesiou muito o PCP e o Bloco de Esquerda", a coordenadora do Bloco disse que "quando o Partido Socialista reconhece que boa parte das medidas positivas - relativamente às quais apresentou "uma resistência tão grande" - vieram dessa negociação", percebe-se que "esse tipo de jogos tem a ver com disputas internas, mas não têm nenhum sentido".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!