CDS-PP lamenta "instabilidade" no Exército

Deputado João Rebelo pede a intervenção do Presidente da Republica.
Por Lusa|08.07.17
  • partilhe
  • 4
  • +
O deputado do CDS-PP João Rebelo lamentou os sinais "de instabilidade" no Exército, que este sábado confirmou a demissão do Comandante de Pessoal, e apelou ao Presidente da República para que reponha a tranquilidade no ramo.

"Nós estamos muito preocupados e lamentamos o anúncio da passagem à reserva do general Calçada e do pedido de demissão do general Faria Menezes", afirmou o deputado, lamentando os sinais de "instabilidade" no ramo.

Em declarações à Agência Lusa, João Rebelo considerou que a situação "perturba o regular funcionamento da instituição" depois de uma semana em que, considerou, "os acontecimentos de Tancos levaram o Presidente da República a ter uma intervenção muito forte" e em que "o ministro da Defesa está muito debilitado".

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!