Centeno aposta no corte da despesa no OE para 2019

Instruções das Finanças seguiram já para os serviços públicos.
Mário Centeno continua a apostar no corte da despesa no Orçamento do Estado para 2019.

Segundo as instruções que o Ministério das Finanças já enviou aos vários serviços da Função Pública é obrigatório que os serviços incorporem "nos seus planos orçamentais detalhes sobre iniciativas de melhoria da eficiência e de controlo da despesa que permitam acomodar o efeito de novas pressões orçamentais, mas também gerar folgas financeiras para acomodar eventuais novos projetos".

Estas ideias de poupança devem recair sobre as seguintes áreas: ganhos na aquisição de bens e serviços, eliminação de arrendamentos injustificadamente onerosos, reforço da capacidade dos serviços através da realocação interna de funcionários, eliminação de atividades redundantes e medidas que recuperem receitas próprias.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!