Sub-categorias

Notícia

Chipre: Igreja ortodoxa propõe ajuda ao governo

A Igreja ortodoxa de Chipre ofereceu-se para ajudar o governo do país a enfrentar a crise financeira.

20.03.13
  • partilhe
  • 0
  • +
Chipre: Igreja ortodoxa propõe ajuda ao governo
Foto Getty Images

O líder da Igreja ortodoxa de Chipre, arcebispo Chrysostomos II, ofereceu-se esta quarta-feira para ajudar a retirar o país da crise financeira que atravessa ao colocar os bens da Igreja à disposição do governo.

“Todo o espólio da igreja está à disposição do país para prevenir o colapso da economia", afirmou o arcebispo após uma reunião com o presidente Nicos Anastasiades, realizada horas depois de os deputados do país terem rejeitado as condições impostas pelo resgate europeu.

O plano de resgate proposta a Chipre previa duras contrapartidas, nomeadamente a imposição de uma taxa especial sobre os depósitos bancários, que os deputados cipriotas rejeitaram por larga maioria.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
6 Comentários
  • De Anonimo20.03.13
    Eu acho que a maioria dos leitores não compreende que, perdem menos em ajudar do que no confisco dos bens... Abram os olhinhos pá, ninguém dá nada a ninguém! Para não falar que os Ortodoxos são a Maioria na Rússia...
    Responder
     
     1
    !
  • De francisco20.03.13
    A IGREJA no verdadeiro sentido da palavra. Tomara que todas tivessem o mesmo ideal de ajuda para com os povos. Bem hajam. Acabaram de ganhar um admirador e quem sabe, um praticante da VOSSA IGREJA.
    Responder
     
     5
    !
  • De Mafurra20.03.13
    Que grande lição ! A palavra de Deus é com exemplos assim que se espalha. Ajudando quem precisa.
    Responder
     
     2
    !
  • De vitoria20.03.13
    A igreja catolica que siga este exemplo, mas eu duvido muito que o faça...
    Responder
     
     3
    !
  • De hcs20.03.13
    Este bom exemplo não é, nem nunca foi seguida pelos milionários da Igreja Católica!
    Responder
     
     2
    !

Mais notícias