Ciência Viva com golfinhos

O tema central deste ano são os rios e a água e a forma como a ciência pode contribuir para os preservar
Por João Ferreira e Suely Costa|12.08.18
  • partilhe
  • 7
  • +
Ciência Viva com golfinhos
Foto Rui Minderico
O ‘Ciência Viva no Verão’ é o programa de divulgação científica mais aguardado do ano. Vinte minutos após a abertura das inscrições já tinha 2500 participantes. Uma hora depois eram 3200. Ao todo são mais de 800 ações e saídas de campo, para todas as idades e em todo o País, sempre na companhia de especialistas. ‘Na Rota dos golfinhos do Sado’ é uma dessas ações. A bordo de um dos ‘Galeões do Sal’, é possível visitar a única comunidade de golfinhos roazes-corvineiros residente em Portugal. Esta ação no Sado, desenvolvida em parceria com a organização de educação marinha Ocean Alive, chama a atenção para o papel dos estuários na biodiversidade. "Mostramos o que está debaixo de água, trazemos ervas marinhas, peixes e ovos de raia e de choco para mostrar como este estuário é uma maternidade", sublinha a coordenadora desta organização, a bióloga Raquel Gaspar, reforçando o papel importante das "pescadoras da região, que trazem redes de pesca e contam histórias de como elas veem a vida marinha".

O ‘Ciência Viva no Verão’ é organizado há 22 anos pela Ciência Viva, em colaboração com mais de uma centena de instituições científicas, associações, autarquias e empresas. Decorre de 15 de julho a 15 de setembro. O tema central deste ano são os rios e a água e a forma como a ciência pode contribuir para os preservar. É possível visitar a ‘maternidade’ de ostras e amêijoas na Estação Experimental de Moluscicultura de Tavira, desenhar espécies marinhas na margem do rio Ave ou fazer um passeio noturno na ria Formosa para observar as estrelas. A parte difícil é escolher! Veja todas as opções em www.cienciaviva.pt.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!