Cimeira de Lisboa deu "passo significativo" para novo roteiro energético

Afirmações partem do primeiro-ministro português António Costa.
27.07.18
  • partilhe
  • 0
  • +
O primeiro-ministro português afirmou esta sexta-feira que na cimeira de Lisboa sobre interligações energéticas com Espanha e França foi "dado um passo significativo" com a definição do financiamento do projeto de infraestruturas e o estabelecimento de metas ambiciosas.

António Costa falava no final da cimeira, numa conferência de imprensa conjunta com o Presidente francês, Emmanuel Macron, o chefe do Governo espanhol, Pedro Sánchez, o comissário europeu da energia, Miguel Arias Canete, e a vice-presidente do Banco Europeu de Investimentos (BEI) Emma Navarro.

"Esta II Cimeira das Interligações Energéticas não se limitou a reafirmar conclusões anteriores. Foram agora estabelecidas novas metas ambiciosas: até 2020, atingir um nível de 10% de interligações entre a Península Ibérica e a Europa, mas de 15% em 2030", disse.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!