Descarrilamento de comboio faz seis mortos nos EUA

Acidente aconteceu na viagem inaugural de serviço de alta velocidade. Composição caiu de viaduto para auto-estrada.
18.12.17

Um comboio de alta velocidade descarrilou, esta segunda-feira, no estado norte-americano de Washington, acabando por cair de um viaduto para uma auto-estrada onde seguiam diversos carros. Há pelo menos seis mortos e mais de 70 feridos confirmados.

O acidente aconteceu em hora de ponta, em Pierce County, a cerca de 60 quilómetros de Seattle, quando o comboio circulava a cerca de 130 quilómetros por hora.




Segundo avançam os meios de comunicação social nos EUA, a composição fazia a ligação entre Portland e Seattle.


Este comboio fazia parte de um serviço de alta velocidade que tinha acabado de ser lançado e estava a fazer a sua viagem inaugural.

Pelo menos seis pessoas morreram na sequência do descarrilamento, referiu um responsável norte-americano citado pela agência noticiosa norte-americana Associated Press.

A mesma fonte, que não estava autorizada a avançar pormenores sobre este acidente e falou à Associated Press sob a condição de anonimato, admitiu que o número de mortos poderá aumentar.

O responsável, que foi informado sobre a investigação do acidente em curso, disse que informações preliminares indicam que o descarrilamento poderá ter sido provocado por algo que atingiu o comboio da operadora de transportes ferroviários Amtrak.

O comboio acidentado, da empresa estatal norte-americana Amtrak, levava 78 passageiros e cinco tripulantes a bordo no momento do acidente.




A empresa já confirmou o sucedido, adiantando que o serviço se encontra suspenso após o acidente e admitindo a existência de feridos, mas não de mortos.


Carros atingidos na auto-estrada
Segundo o responsável pelas autoridades de Pierce County, o xerife Paul Pastor, vários condutores de veículos que seguiam na auto-estrada ficaram feridos quando os seus carros foram atingidos pelo comboio que caiu do viaduto. No entanto, nenhum corre perigo de vida. 



Portas de emergência não funcionaram
Várias pessoas que seguiam na auto-estrada onde caiu o comboio conseguiram escapar incólumes ao acidente. "Estava a viajar para o trabalho quando tudo parou", contou à CNN uma testemunha. "Tentamos todos parar rapidamente para evitar um acidente em cadeia. Depois de conseguirmos parar é que consegui olhar para cima e vi, infelizmente, este cenário assustador de um comboio pendurado num viaduto. Imensos militares e outras pessoas correram até lá para ajudarem", adianta.

À CBS News, outra testemunha que seguia no comboio garantiu que muitos passageiros tiveram de partir as janelas da composição para sair do comboio acidentado, uma vez que as "portas de emergência não estavam a funcionar corretamente". Pelo menos sete carruagens do comboio foram afetadas pelo acidente.

"Estávamos a passar a cidade de DuPont e seguíamos numa curva. De repente, o comboio balançou e ouvimos algo a ranger. Parecia que estávamos a descer uma colina. Mal demos por ela e estávamos a ser atirados para a frente e as janelas estavam a partir-se. Paramos e água começou a cair dentro do comboio e as pessoas começaram a berrar", conta a mesma testemunha.

Em atualização

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!