Concurso para dormir na Grande Muralha da China suscita críticas

Airbnb permite oferta de uma noite numa atalaia do símbolo mais expressivo.
Por Lusa|07.08.18
  • partilhe
  • 0
  • +

A plataforma eletrónica de aluguer de casas Airbnb lançou um concurso que oferece uma noite numa atalaia da Grande Muralha, o símbolo mais expressivo da China, suscitando críticas por parte dos internautas chineses, que temem danos.

Oito viajantes terão a oportunidade de passar uma noite numa das maiores maravilhas da arquitetura antiga, considerada património da humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), caso vença o concurso que a empresa lançou em 11 mercados, e que não inclui Portugal.

O alojamento envolve a conversão de uma atalaia da Grande Muralha, monumento com 2.600 anos, em dupla habitação, com cama, decoração e iluminação por velas, mas sem eletricidade, ligação à internet, ar condicionado ou televisão.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!