Conselheiros arrasam administração da RTP

Conselho de Opinião acusa equipa liderada por Gonçalo Reis de falta de rigor e de não cumprir prazos.
Por Duarte Faria|01.07.18
O parecer do Conselho de Opinião (CO) ao Relatório e Contas da RTP de 2017, a que o CM teve acesso, é muito crítico da administração da empresa pública. Além de deixarem críticas à informação apresentada, que é caracterizada como "desigual, excessivamente detalhada e até repetida nuns casos e escassa noutros", os conselheiros acusam a equipa liderada por Gonçalo Reis de falta de "preparação, cuidado e rigor" e de ter falhado o "cumprimento atempado de prazos".

Recorde-se que a administração da RTP deveria ter entregue ao Governo as contas de 2017 até 31 de março - acompanhadas de pareceres do Conselho Fiscal e do CO (tal como estabelecido no Contrato de Concessão) - mas as mesmas só foram entregues ao CO a 31 de maio.
No mesmo parecer, o organismo liderado por Manuel Coelho da Silva alerta ainda para a necessidade de ser efetuada uma auditoria do Tribunal de Contas à RTP, o que não acontece há três anos.

"Seria desejável uma abalizada análise técnica, quanto à eficácia e eficiência da aplicação dos recursos existentes e à transparência das opções realizadas", refere o documento.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!