Sub-categorias

Notícia

Contemplar as paisagens do Bombarral

Espaços lúdicos e culturais são a principal atração desta vila rural da zona oeste que oferece aos visitantes o ‘jardim da paz’.
Por Francisco Gomes|09.08.17
Visitar o Bombarral é ir ao encontro da ruralidade e da contemplação das paisagens. As extensas propriedades de pomares, sobretudo de pera-rocha, e de vinhedos proporcionam uma viagem ao mundo agrícola e ao mesmo tempo uma acalmia do stress das grandes cidades.

Antes de chegar à vila, e porque é um espaço onde se pode demorar várias horas a passear e a tirar fotografias, recomenda-se a ida ao Bacalhôa Buddha Eden, conhecido como o ‘jardim da paz’, na Quinta dos Loridos, a escassos quilómetros do Bombarral.

É o maior jardim oriental da Europa, com cerca de 35 hectares. Entre budas, pagodes, 600 estátuas de soldados em terracota e várias esculturas cuidadosamente colocadas entre a vegetação, existem jardins de esculturas moderna e contemporânea e de esculturas africanas, que proporcionam um espaço tranquilo na natureza para apreciar arte e meditar. E para descobrir há lagos e plantas exóticas.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Cm ao Minuto

Armando Esteves Pereira

Risco alemão

Os últimos meses correram tão bem na Europa que nem demos conta de que o país mais poderoso da UE estava com um governo interino.

Francisco J. Gonçalves

A contrição do Papa

A visita do Papa Francisco ao Chile pode considerar-se um dos mais rotundos fracassos de uma visita papal de que há memória.

Luciano Amaral

Um ano de Trump

Nas democracias, mais importantes do que os homens são as regras que os constrangem.

André Ventura

A República a morrer

A manutenção da lei de financiamento dos partidos é um sinal de doença da nossa democracia.

Francisco José Viegas

Blog

Há exatamente 210 anos, a armada portuguesa transportando a família real portuguesa, que fugia da ameaça francesa, chegava ao Brasil

pub