Coreia do Norte vai libertar turista japonês por "razões humanitárias"

Homem é suspeito de gravar um vídeo de uma instalação militar no porto de Nampo.
Por Lusa|27.08.18
  • partilhe
  • 0
  • +

Um turista japonês que foi preso na Coreia do Norte vai ser libertado "por razões humanitárias", avançou no domingo a agência de notícias oficial norte-coreana KCNA.

"Tomoyuki Sugimoto, que visitou recentemente a Coreia do Norte como turista japonês, foi detido (...) para que fosse investigado um crime contra a lei da RPDC [República Democrática Popular da Coreia]", noticiou a KCNA, revelando que "as instituições competentes decidiram perdoá-lo (...) e expulsá-lo por razões humanitárias".

Tomoyuki Sugimoto é um operador de câmara que viajou para o norte numa viagem organizada por uma empresa estrangeira e será suspeito de gravar um vídeo de uma instalação militar no porto de Nampo, no oeste do país, segundo fontes do Governo japonês citadas pelos 'media' nipónicos.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!