Decapita mulher que conheceu no Tinder e guarda a cabeça

Razões do crime continuam por identificar.
04.03.18

Um homem decapitou a mulher que conheceu no Tinder - uma aplicação de encontros - e guardou a cabeça em casa. O crime aconteceu durante as férias do homicida no Japão.

Yevgeniy Bayraktar, de 26 anos, marcou o encontro com a jovem, cortou-lhe a cabeça, guardou-a num saco e levou-a para casa. O resto do corpo ficou escondido numa zona florestal.

Kondo, de 27 anos, foi dada como desaparecida pelos amigos alguns dias após a saída com Yevgeniy Bayraktar. Através das câmaras de videovigilância perto da casa do agressor, as autoridades locais conseguiram identificar a vítima a entrar na casa do mesmo no dia 15 de fevereiro. No entanto, esta não voltou a sair.

O agressor confessou o crime e desvendou a localização do resto do corpo. Yevgeniy, de Long Island, nos Estados Unidos, encontra-se detido em Osaka, no Japão, até ser conhecida a sentença a aplicar pelo tribunal.

pub

pub