Deputados aprovam extinção de benefício fiscal à criação de emprego

Deputada Mariana Mortágua diz que medida permite poupar 40 milhões de euros por ano.
Por Lusa|27.06.18
  • partilhe
  • 0
  • +
A Comissão de Orçamento, Finanças e Modernização Administrativa aprovou esta quarta-feira a extinção do benefício fiscal à criação de emprego, uma proposta do Bloco de Esquerda (BE) que a deputada Mariana Mortágua diz permitir poupar 40 milhões de euros/ano.

Da autoria do BE e acompanhada pelos deputados do PS e do PCP, a proposta esta quarta-feira aprovada na Comissão de Orçamento exclui este benefício fiscal à criação de postos de trabalho da lista de 15 benefícios fiscais que caducam em 30 de junho, mas que o Governo pretende prorrogar temporariamente até avaliação definitiva por um grupo de trabalho criado para o efeito.

"Poupamos ao ano 40 milhões de euros em benefícios fiscais a grandes empresas", afirmou a deputada do Bloco Mariana Mortágua em declarações à agência Lusa, sustentando que "os beneficiários desta redução de impostos eram as cadeias de distribuição, grandes empresas e instituições (algumas até públicas), como o Banco de Portugal (BdP) e a Caixa Geral de Depósitos, que se estavam a apropriar de milhões de euros em benefícios fiscais através deste mecanismo".

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!