Apurada causa da queda de avião que fez cinco mortos em Tires

Após problema no motor, foi fatal o erro cometido pelo piloto da aeronave.
20.08.18
A queda de um avião em Tires, Cascais, em 17 de abril de 2017, causando cinco mortos, deveu-se à "falha do piloto em manter o controlo da aeronave após a perda de potência no motor esquerdo", concluiu a investigação.

O relatório final do Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários (GPIAAF), a que a agência Lusa teve esta segunda-feira acesso, determinou ainda como fator contributivo para o desastre "a falta de formação adequada do piloto, dentro do contexto da emergência real de falha de motor crítico, imediatamente após a descolagem".
As primeiras imagens da queda de avião e Tires


O documento refere, contudo, que as causas da falha do motor esquerdo (motor crítico) do bimotor (modelo Piper PA-31T Cheyenne II) "não puderam ser determinadas devido aos danos do impacto e ao fogo intenso".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!