Descongelamentos abrangem mais de 66 mil trabalhadores

No final de junho, cerca de 60% dos trabalhadores do setor empresarial do Estado tiveram valorizações salariais por causa do descongelamento.
24.07.18
  • partilhe
  • 0
  • +
No final de junho eram perto de 66 mil os trabalhadores ao serviço do estado que foram abrangidos pelo descongelamento das progressões e das promoções. Estes números significam que cerca de 60% dos trabalhadores do setor empresarial do Estado tiveram uma valorização remuneratória.

Os números foram avançados pela Inspeção-Geral de Finanças (IGF) e dizem respeito a mais de metade do total dos 110.757 trabalhadores do setor empresarial do Estado, avança o jornal Público, esta terça-feira. A maior parte das pessoas abrangidas trabalhavam em organismos públicos e 66 mil nas empresas públicas.

De acordo com estes dados e somando a administração pública e as empresas públicas, foram 344 mil os trabalhadores que tiveram aumentos salariais graças ao descongelamento das carreiras registado a 1 de Janeiro de 2018.

O descongelamento das carreiras iniciou-se a 1 de Janeiro de 2018, mas o efeito nas remunerações dos trabalhadores vai sentir-se em quatro momentos diferentes (metade em 2018, em Janeiro e em Setembro, e a outra metade em 2019, em Maio e em Dezembro).



pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!