Dez doentes internados em macas no hospital de Gaia

Ordem dos Enfermeiros afirma que faltam condições que garantam segurança e cuidados de dignidade dos doentes.
02.08.18
  • partilhe
  • 4
  • +
A Ordem dos Enfermeiros estima que cerca de dez doentes estejam internados em macas no Serviço de Urgência do Hospital de Vila Nova de Gaia quando, disse esta quinta-feira à Lusa um responsável, "existem camas livres" no mesmo equipamento hospitalar.

"Não faz sentido nenhum que doentes estejam internados em condições não seguras, sem comodidade e sem dignidade, quando existem camas livres no hospital. Achamos que estão a falhar no serviço à população", disse presidente do conselho diretivo da Secção Regional do Norte da Ordem dos Enfermeiros, João Paulo Carvalho.

Já em resposta escrita remetida à agência Lusa, o Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho (CHVNG/E) admite que existem "internamentos inapropriados no Serviço de Urgência" e garante que "neste momento decorre um esforço de organização clínica multidisciplinar que visa eliminar" essa situação.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!