"As comunicações eletrónicas são a nova árvore das patacas"

Direito do Consumo defende criação de Carta que evite abusos e práticas desleais.
Por Lusa|10.01.17
"As comunicações eletrónicas são a nova árvore das patacas"
Foto Arquivo

O presidente da Associação Portuguesa de Direito do Consumo (APDC) propôs a criação de uma Carta do Consumo dos Serviços de Interesse Geral para evitar práticas desleais e abusos dos operadores de comunicações eletrónicas junto dos consumidores.

"As comunicações eletrónicas são hoje a nova árvore das patacas, com índices de reclamações cada vez mais elevados, embora por cada 10 violações só um dos lesados reaja", disse esta terça-feira à agência Lusa Mário Frota, salientando que o número real deve atingir as "700 mil reclamações" por ano.

Ouvido no início do mês na Assembleia da República pela Comissão Parlamentar de Economia, Inovação e Obras Públicas sobre serviços públicos essenciais, com realce para as comunicações eletrónicas, o responsável denunciou práticas das operadoras de comunicações eletrónicas que lesam gravemente os consumidores e que são "autênticos casos de polícia".

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!