Diretora de Cultura do Centro está de "consciência tranquila" e não se demite

Afirmações da responsável foram feitas em resposta a acusações dos deputados do PCP e do BE.
Por Lusa|04.04.18
  • partilhe
  • 1
  • +
A diretora regional de Cultura do Centro, Celeste Amaro, disse esta quarta-feira, no parlamento, estar de "consciência tranquila" sobre as declarações que fez sobre apoios públicos às artes naquela região, e recusou demitir-se do cargo.

As afirmações da responsável foram feitas em resposta a acusações dos deputados do PCP e do BE, na Comissão de Cultura, Comunicação, Juventude e Desporto, sobre as declarações proferidas há um mês, em Leiria, quando elogiou uma companhia de teatro que "não pedia dinheiro" ao Estado.

"Tenho a consciência tranquila e não me demitirei", disse Celeste Amaro, acrescentando que não se sentia "minimamente beliscada" com as declarações que aqueles partidos consideraram "gravíssimas" e "altamente ofensivas para os artistas".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!