Discussão entre primos acaba com tiro na cabeça

Familiares estavam desavindos desde sexta-feira, na Costa da Caparica.
Por João Tavares|30.07.18
Os primos Ivan e Tó estavam desavindos desde sexta-feira, na zona da Costa da Caparica, em Almada. Envolveram-se numa discussão, que ontem de manhã assumiu contornos bem mais graves. Ivan, de 35 anos, confrontou o primo, de 38, e armou-se com uma caçadeira de canos serrados, alvejando o familiar com um disparo na cabeça. Tó - Boaventura Moreira, de nome verdadeiro - deu entrada no Hospital Garcia de Orta, em Almada, em estado grave, mas não correrá perigo de vida. Já Ivan, foi intercetado pela GNR e a arma apreendida - bem como um punhal e um canivete.
Discussão entre primos acaba com tiro na cabeça

O crime teve lugar pouco antes das 10h00, à entrada de um bairro de barracas nas Terras da Costa. A discussão teve início em frente de diversas testemunhas, até que Ivan disparou. Também a mulher de Tó, Dulce, foi atingida por um chumbo na zona da mão, sem necessidade de receber assistência médica.

A GNR dirigiu-se para o local do crime e montou um perímetro de segurança, já que havia relato de disparos. Contudo, o atirador entregou-se às autoridades. A investigação está agora entregue aos inspetores da Polícia Judiciária de Setúbal.

"Vai comprar outra arma e matá-lo"
Dulce, a mulher da vítima, disse à CMTV que tem "me
Homem alvejado na cabeça por primo na Costa da Caparica
do", já que após os disparos as ameaças mantiveram-se. "Ele disse que vai comprar outra arma e que quando sair vai matar o meu marido", contou a mulher. Dulce relatou que ainda tentou impedir o crime, mas sem sucesso. Atirador e vítima moram praticamente juntos, estando o primeiro agora indiciado pelo crime de homicídio na forma tentada. A PJ está a investigar.


pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!