Dragão com final feliz no Jamor

Penálti apontado por Alex Telles, aos 90+6 minutos, depois de uma longa consulta ao VAR, dá os três pontos aos campeões.
Por Mário Pereira|20.08.18
  • partilhe
  • 1
  • +
O FC Porto teve tudo nas mãos (nos pés) para sair do Estádio Nacional, no vale do Jamor, com um triunfo tranquilo. Mas acabou por sofrer a bom sofrer para regressar à Invicta com os três pontos na bagagem. O golo que lhe valeu o triunfo chegou aos 90+6’ minutos, na forma de um penálti marcado por Alex Telles, e depois de uma longa espera pela decisão do VAR, que entendeu ter havido mão na bola de Henrique após um remate de Herrera.

O VAR, de resto, foi protagonista deste encontro. Foi num lance semelhante que o Belenenses regressou ao jogo, aos 55 minutos, numa altura em que perdia por 0-2 e parecia aniquilado. Uma ilusão.

Vamos ao início. Foi descolorido o começo da partida. FC Porto e Belenenses imprimiram baixo ritmo ao jogo, o que facilitou o trabalho a quem defendia, dada a previsibilidade de quem atacava. Era a equipa das riscas a que tinha mais bola, mas essa parecia ser uma estratégia assumida pela formação comandada por Silas: dar a iniciativa ao adversário para o tentar surpreender no contrapé.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!