Dragão tenta segurar euforia

Resultado do Benfica facilita contas. Conceição elogia o adversário, mas não quer medo do bicho-papão.
Por Sérgio Pereira Cardoso|29.04.18
  • partilhe
  • 1
  • +
Com o resultado do Benfica, o FC Porto pode dar este domingo um passo decisivo para o título, na Madeira, mas os responsáveis portistas tentam controlar qualquer resquício de euforia no plantel, antes da visita a um local onde o FC Porto não vence há seis anos.

Horas antes dos jogos dos rivais, Conceição lançou o desafio. "Temos de estar preparados para um jogo de dificuldade máxima diante de uma equipa de qualidade, principalmente em casa, mas não podemos fazer disso um bicho-papão, porque isto é futebol. Nem a estatística nem a história jogam os 90 minutos", referiu Sérgio Conceição. "Os jogos são sempre decisivos, não podemos dizer que este o é se depois perdermos os outros. Queremos ganhar os nove pontos que faltam", frisou o treinador.

Sobre novas denúncias anónimas de aliciamento a jogadores e a eventual ligação ao Benfica, Conceição desvalorizou. "Não dou importância. O guarda-redes que comprámos ao Marítimo foi o José Sá, que está pago", respondeu. "É tão visível. Estas situações são como a história ‘Pedro e o Lobo’. Já ninguém acredita", acrescentou.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!