Dragão tomba com escândalo

Golaço de Brahimi deu vantagem ao FC Porto e André Pereira marcou o 2-0 em clara situação de fora de jogo.
Por Sérgio Pereira Cardoso|26.08.18
Uma reviravolta incrível. Conhecedor do empate entre os rivais na Luz, o FC Porto até chegou ao 2-0, beneficiando de um erro incrível de arbitragem e da avaria do VAR na primeira parte. Na segunda, quem avariou foi mesmo o Dragão. O V. Guimarães reergueu-se das cinzas e virou o resultado de forma fantástica.

Antes de toda a turbulência, muita acalmia. Acalmia a mais, para os desejos de Conceição. Um FC Porto a meio-gás teve num remate de Herrera, para defesa de Douglas, o único lance de perigo em 30 minutos.

A história mudou num instante. Joseph, que segurava o miolo vimaranense, lesionou-se, saindo de campo. Luís Castro ainda preparava a substituição quando surgiu o génio de Brahimi. Golaço do argelino após tabela com André Pereira.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!