Empregos pouco produtivos pressionam em baixa salários em Portugal - OCDE

Por Lusa|26.06.18
  • partilhe
  • 0
  • +

O crescimento do emprego em muitos países da OCDE está a ser impulsionado por postos de trabalho de baixa produtividade, pressionando em baixa os salários médios reais em países como Portugal, Espanha e Reino Unido, divulgou hoje a organização.

Na última edição do "Compêndio de Indicadores de Produtividade", a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) nota que "os salários reais (ajustados dos efeitos da inflação) caíram entre 2010 e 2016 em Portugal, Espanha e no Reino Unido" como resultado do número crescente de empregos de baixa produtividade.

"A quota de rendimento proveniente da atividade económica que é direcionada para o trabalho através dos salários caiu na maioria dos países nos últimos anos, mas mais acentuadamente na Hungria, Irlanda, Israel, México, Polónia e Portugal", refere.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!