Escolas vão ter menu vegetariano

Ministério da Educação recomenda troca do sal pela salicórnia.
Por Bernardo Esteves|10.08.18
As escolas vão ter de passar a servir pratos vegetarianos, de acordo com o documento ‘Orientações sobre ementas e refeitórios escolares’, publicado ontem pela Direção-Geral da Educação, com o apoio do Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável da Direção-Geral da Saúde.

A aposta na dieta mediterrânica é outro dos pontos fortes do documento, no qual se defende a "substituição total do sal por salicórnia em natureza ou seca". Enquanto tal não suceder, é sugerido que os pratos tenham um limite de 20 gramas de sal por cada 100 refeições.

Filinto Lima, presidente da Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas, nota que atualmente já algumas escolas oferecem menu vegetariano. "Os alunos tinham de avisar os serviços na véspera. A partir de agora temos de disponibilizar sempre essa alimentação. As escolas farão um esforço para cumprir ", afirma, frisando que "é importante dar formação aos cozinheiros".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!