Escuteira atropelada em Aveiro morre no hospital

Madalena Seixo integrava agrupamento de Queijas e estava num acampamento nas Dunas de São Jacinto, em Aveiro.
Por Miguel Curado, Nelson Rodrigues e João Tavares|02.08.18
A pequena escuteira, de apenas 10 anos, que foi atropelada por um carro em despiste e projetada para o interior da ria de Aveiro, em São Jacinto, morreu esta quarta-feira de madrugada na unidade de pediatria do hospital de Coimbra.

Madalena Seixo fazia parte do Agrupamento de Escuteiros 774, com sede na paróquia de São Miguel de Queijas, concelho de Oeiras.

A menor estava com amigos escuteiros num passeio na Reserva Natural das Dunas de São Jacinto, onde são frequentes este tipo de visitas. Madalena ainda foi retirada das águas da ria de Aveiro por bombeiros de uma corporação local. Imobilizada, foi de imediato colocada no helicóptero do INEM estacionado em Santa Comba Dão, e levada para o hospital de Coimbra. A menina, porém, acabou por morrer, pouco mais de 24 horas depois do atropelamento.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De  Anónimo 02.08.18
    R.I,P mais um anjo no eu a olhar por todos nós.
1 Comentário
  • De  Anónimo 02.08.18
    R.I,P mais um anjo no eu a olhar por todos nós.
    Responder
     
     0
    !