Estudo conclui que atletas com excesso de testosterona são favorecidas

Atletas designadas 'híper-andróginas' têm um melhor desempenho desportivo.
04.07.17
  • partilhe
  • 0
  • +
Um estudo encomendado pela Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) concluiu que o excesso de testosterona beneficia o desempenho dos atletas, como sucedeu nos casos de Caster Semenya e Dutee Chand.

Publicado esta terça-feira no British Journal of Sports Medicine, o estudo é assinado por Stéphane Bermon, que participou nos trabalhos da IAAF sobre este assunto, e por Pierre-Yves Garnier, diretor do departamento científico do organismo internacional.

A IAAF informou que este estudo "faz parte de um conjunto de provas" que está a recolher, no sentido de reabrir o processo no Tribunal Arbitral do Desporto (TAS), que suspendeu em 2015 os regulamentos do organismo para restringir a participação em provas de algumas atletas.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!